Deus Ex-Machina

Dolores, mulher bonita, rica e paralítica, contrata o detetive Otávio para seguir seu marido Inácio e descobrir qual é a sua verdadeira relação com uma jovem chamada Alice. Uma história de mentiras, de pistas falsas e de motivações obscuras, em que quatro personagens de moral duvidosa tentam parecer honestos uns para os outros.

Integrante da Mostra “Os 30 Clássicos do Curta Brasileiro na Década de 90“, a partir de seleção feita por personalidades do cinema do país.

 

Créditos:
Direção e Roteiro: Carlos Gerbase
Produção Executiva: Luciana Tomasi e Nora Goulart
Direção de Fotografia: Alex Sernambi
Direção de Arte: Fiapo Barth
Música: Ricardo Severo
Direção de Produção: Daniela Dall’Agnol
Montagem: Giba Assis Brasil
Elenco:
Luciene Adami (Dolores) Leverdógil de Freitas (Otávio) Werner Schünemann (Inácio) Daniela Schmitz (Alice)
Prêmios
Prêmio
23º Festival de Gramado (1995) Melhor Filme (Júri Oficial e Prêmio da Crítica), Melhor Diretor, Melhor Roteiro, Melhor Montagem, Melhor Música, Melhor Ator (Leverdógil de Freitas); e mais 4 prêmios regionais (Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Montagem e Melhor Fotografia)
Prêmio
28º Festival do Cinema Brasileiro de Brasília (1995) Melhor Filme (Júri Popular), Melhor Roteiro, Melhor Montagem, Melhor Contribuição à Linguagem do Curta
Prêmio
8º Festival Internacional do Curta-Metragem de Clermont-Ferrand (França, 1996) Menção Especial do Júri
Prêmio
19º Guarnicê de Cinema e Vídeo (São Luis, 1996) Destaque do Júri Oficial, Destaque do Júri Popular, Melhor Montagem
Prêmio
13º Rio-Cine Festival (Rio de Janeiro, 1996) Melhor Roteiro e Melhor Ator (Leverdógil de Freitas)

“O público (do Festival de Brasília) simplesmente amou. Recebeu a maior ovação desde o início da competição. Merece. Trata-se de uma história noir contada com rara inteligência cinematográfica. Num jogo amoroso perverso, um caso intrincado envolvendo infidelidade conjugal e manipulação vai se montando aos olhos do espectador como um puzzle. (…) O filme é um exemplo de como se pode inovar sem se afastar do público médio.”
(Luiz Zanin Oricchio, O ESTADO DE SÃO PAULO, 1995)

“Chega de heróis e bandidos! O gaúcho Carlos Gerbase cria em Deus Ex-Machina um roteiro fascinante onde existem apenas confusos e limitados seres humanos. Os personagens já enfrentaram, cada um à sua maneira, todos os acidentes de percurso possíveis, e agora, sem Deus e sem as facilidades dos oráculos, tentam encontrar motivos para continuar vivendo e mentindo.”
(Revista WONDERFUL, outubro de 1995)

“O gaúcho Carlos Gerbase faz com Deus Ex-Machina um estudo de relativismo, contando uma história de crime e adultério de pontos de vista divergentes. Chega a ser impressionante como consegue colocar tantas perspectivas superpostas em um filme curto. É seu melhor trabalho. Na verdade, o melhor trabalho do grupo gaúcho há muitos anos. O destaque, além do roteiro intrincado, que não afasta o espectador, é para a montagem de Giba Assis Brasil. Dá à trama uma estrutura de puzzle, cujo sentido se revela apenas no final.”
(Luiz Zanin Oricchio, O ESTADO DE SÃO PAULO, 22/03/1996)

Compartilhar

Mais Produções Audiovisuais

A Nuvem Rosa

Uma nuvem rosa tóxica surge em diversos países, forçando todos a ficarem confinados. Giovana está presa em um apartamento com Yago, um cara que havia recém conhecido em uma festa. Enquanto esperam a nuvem passar, eles precisam viver como um casal. Ao longo dos anos, Yago vive sua própria utopia, enquanto Giovana sente-se cada vez […]

Legalidade

Em 1961, o governador Leonel Brizola lidera um movimento sem precedentes na história do Brasil: a Legalidade. Lutando pela constituição, mobiliza a população na resistência pela posse do presidente João Goulart. Em meio ao iminente golpe militar, uma misteriosa jornalista pode mudar os rumos do país.   Festivais 21º Piriapolis de Película 35th Chicago Latino […]

Turma 5B

A 5B é a turma mais caótica, esperta e rebelde que o Colégio General Coelho já viu. Desesperada, a diretora Adelaide contrata um novo orientador educacional para tentar dar um jeito na situação. Mas a batalha dele não será nada fácil.   Festivais O episódio 9 da série (“Dia das Nações”) foi editado como curta-metragem […]

A Pedra

O bote de uma família emperra durante um passeio de rafting. Pietra, a filha mais nova, é obrigada a perder um pouco de sua ingenuidade.

Voltar